Revistas:




Leia entrevista exclusiva com MariMoon

Publicado por Débora Moscardini Vaz em 16/10/2013 às 15h00

Por meio da internet, ela despertou interesse de muitas pessoas e foi parar na televisão com um programa próprio! Em entrevista exclusiva ao Oficina da Moda, MariMoon conta tudo sobre sua carreira e seus novos projetos após o fechamento da MTV. Confira!


Por Débora Moscardini / Fotos Vitor Shalom -Vira Comunicação

 

 

MariMoon é conhecida também por ousar nas cores do cabelo!


Oficina da Moda -Você se tornou popular pelo fotolog, o que você acha que chamou atenção para tal sucesso?

Mari-Na época (2003) tinha beeeeeeem menos gente na internet e dessas pessoas poucas tinham câmera digital. A minha câmera foi presente do meu pai quando foi à Alemanha e tinha 1.3 megapixels, altíssima tecnologia! O fotolog começou como um portfólio de fotografia e a maioria das pessoas postavam fotos de cenários, animais, comida... Ainda eram poucos os que faziam "selfies" (o apelido dado hoje para as fotos que tiramos de nós mesmos). Inclusive eu lembro de dar a minha entrevista para o Vitrine e o Marcelo Tas perguntava se eu me considerava uma celebridade para publicar fotos de mim mesma na internet para desconhecidos. O Orkut ainda nem tinha aparecido e realmente era visto de maneira estranha alguém expor sua vida para estranhos. Eu sempre gostei de fantasias, maquiagens e editoriais e moda e fazia minhas fotos numa pegada "artística". Chamei atenção e me tornei a primeira celebridade na internet no Brasil.

 

Oficina da Moda-Desde aquela época você se tornou referência para várias meninas. Você se preocupa com isso?

Mari-Sempre foi uma preocupação, até porque eu sou irmã mais velha de 4 garotas e ouvi muito a minha mãe dizendo que era pra eu ser um bom exemplo. Eu não precisei me esforçar muito, porque honestamente, sou uma pessoa tranquila e tenho bons valores. Sempre falei sobre paz, amor e respeito. Levanto bandeiras bacanas e incentivo as pessoas a fazer arte, se esforçarem para realizarem seus sonhos e serem quem elas querem ser ao invés de tentar agradar os outros.   

 

Oficina da Moda-Como surgiu o convite para entrar na MTV?

Mari- Aos poucos eu fui chamando cada vez mais atenção da mídia. Fui a programas de TV falar sobre esse assunto da "exposição na internet", dava depoimentos sobre a web e redes sociais em jornais (cheguei a ser capa da Folha e do caderno de Informática), virei capa da Capricho e fui modelo/embaixadora da marca de calçados Melissa. A MTV me convidou para participar de alguns programas, gostaram de mim e pediram para eu fazer teste de VJ. Queriam me dar um programa onde eu pudesse falar sobre tudo o que eu gosto de uma maneira totalmente conectada à internet. Deu certo e eu ganhei o Scrap MTV

 

Oficina da Moda- O que mudou na sua vida depois de virar VJ?

Mari- Mudou bastante. Eu estava com uma loja online, uma produção de roupas desenhadas por mim e trabalhava como figurinista em peças de teatro (inclusive fui indicada ao Prêmio Coca-Cola). Estava indo para outra direção. Nunca imaginei que teria capacidade de apresentar um programa de TV e isso não só abriu uma nova porta onde eu poderia explorar uma nova profissão, mas também me deu mais auto-confiança. A gente cresce limitado a ser uma profissão só quando podemos fazer tantas coisas diferentes. No fim das contas eu acabei fazendo um musical, dublei uma personagem da Disney e entrevistei celebridades internacionais de Iggy Pop a Demi Lovato. 

 

Oficina da Moda- Qual a sua opinião sobre o fim da MTV Brasil, e sobre a nova MTV?

Mari- Eu estou muito feliz que a marca MTV Brasil não tenha acabado. Ela é propriedade de uma empresa internacional chamada Viacom e foi uma notícia ótima eles terem optado por manter e investir no canal que até então estava sob direção da Editora Abril. 

Mas além de ser uma marca, a MTV Brasil também foi um resultado criativo lindo de milhares de pessoas que passaram por lá, gente que deixou sangue e alma ali naquele prédio da Alfonso Bovero. Eu fico muito feliz de ter feito parte desse grupo e morro de orgulho de muito do que foi feito. Tinham pessoas mais do que maravilhosas que fizeram com 1,99 um conteúdo com uma qualidade que nunca foi visto em TV aberta. Algo surreal e que certamente não vai mais acontecer nessa nova MTV simplesmente porque a estrutura é outra. A nova MTV não tem estúdio, não tem VJ contratado, não tem equipe fixa. O esquema agora é tudo via produtora e até faz sentido para o contexto atual. Eu sei que eles terão produções bacanas estreando em breve e entre eles os meninos maravilhosos do MTV Sports! Desejo tudo de melhor para essa nova fase e tenho fé que o canal vai agradar os fãs eternos da MTV, porque pelo que eu pude ver eles tem bastante respeito pelo que foi feito e estão dispostos a ouvir a galera, o que é muito importante. 

 

Oficina da Moda- O que você fazia antes de trabalhar na televisão?

Mari- Eu tive uma loja online (MariMoon Store), que viajava pelo Brasil participando de eventos de anime e vendia roupas, acessórios, calçados e tintas de cabelo! Cheguei a produzir roupas desenhadas por mim e também trabalhava de vez em quando como figurinista em peças de teatro (inclusive fui indicada ao Prêmio Coca-Cola pela peça juvenil "Cabine do Destino" lá por 2005). Antes disso tudo cheguei a ser webdesigner, designer e vitrinista.

 

Oficina da Moda- Você tem um estilo marcante. Quem te inspira?

Mari- Muita coisa me inspira... Figurinos dos filmes do Tim Burton, animes, a moda de Harajuku, blogueiras gringas (especialmente do tumblr).


Oficina da Moda- Quais seus planos futuros para a carreira, o que os fãs podem esperar?

Mari- Eu estou criando programas de TV no momento e esperando ofertas de trabalho que sejam realmente bacanas. Estou montando uma ficção jovem com música, um reality para garotas e até um infantil que eu estou pensando junto com o meu tio Flavio de Souza (criador da serie Ra-Tim-Bum e Mundo da Lua). Ainda não fechei os canais para passar meus projetos. Todo esse processo é muito mais demorado do que eu imaginava, infelizmente... Mas é muito divertido também! 

Eu continuo curtindo a ideia de explorar novas áreas de trabalho e agora como criadora de series de TV estou me divertindo bastante. Enquanto isso estou ativa na internet como sempre (facebook.com/MariMoonOficial) e no dia 19 eu faço uma participação no Meus Prêmios Nick junto com a Larissa Manoela (do Carrossel), nós vamos comentar todos os lances dessa edição. 


Leia Também
Camila Queiroz é eleita atriz revelação
Dançarinas da Beyoncé aprendem a dançar 'Bang' de Anitta
Show sertanejo promove encontro das duplas Edson & Hu...
Comente!


Mais Lidas