Revistas:




Conheça o trabalho das alunas de Engenharia de Alimentos do Instituto Mauá de Tecnologia

Publicado por Evelyn Cristine em 19/10/2015 às 00h00

Alunas de Engenharia de Alimentos do Instituto Mauá de Tecnologia apresentam trabalhos de conclusão de curso. Confira!

Por Evelyn Cristine

 

Conheça o trabalho das alunas de Engenharia de Alimentos do Instituto Mauá de Tecnologia

 

A Eureka, exposição de trabalhos de conclusão de curso dos formandos de 2015 do Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia, acontece de 30 de outubro a 1 de novembro, das 14h às 20h30, no campus de São Caetano do Sul.

O evento é aberto ao público com entrada franca e mostra soluções e produtos desenvolvidos pelos alunos da última série dos cursos de graduação em Administração, Design e Engenharia. Serão expostos mais de 145 trabalhos.

Conheça o trabalho das alunas de Engenharia de Alimentos do Instituto Mauá de Tecnologia

Panetone sem Glúten

Recentemente aumentou o número de pessoas conscientizadas sobre a doença celíaca e intolerância a componentes do trigo, o que criou uma demanda de produtos para esse segmento de consumo. Pensando nisso, as alunas de Eng. de Alimentos do Instituto Mauá de Tecnologia, Fernanda Zuliane, Nátalia Costa e Brunna Machado, desenvolveram um panetone tradicional de frutas cristalizadas com auxílio da Enzima Transglutaminase associando o sabor de chocolate ao produto. 

Para o desenvolvimento desse projeto as estudantes utilizaram uma formulação de enzima transglutaminase. Essa enzima é muito utilizada na fabricação de panificados sem glúten, pois ajuda na formação de uma rede parecida com a do glúten e com isso, está auxiliando o sucesso do produto das alunas. "A nossa intenção é direcionar projetos da área e atender o público celíaco, que são os portadores da doença celíaca que não podem consumir as proteínas do glúten. Atendendo esse público percebemos que também poderá atender a demanda do mercado por panificados "gluten free" e assim tornar o nosso projeto uma alternativa para o cenário que se aproxima", comenta Fernanda Zuliane, aluna do último ano de Eng. de Alimentos da Mauá.

Iogurte Grego funcional

Já as alunas Fernanda Arre, Marina Mello e Fernanda Riccomini desenvolveram o Iogurte funcional tipo grego. É um produto inovador que alia as propriedades funcionais da farinha de maracujá e do colágeno ao iogurte, produto com grande aceitação pelo mercado consumidor.

A massa base de maracujá, resíduo da indústria produtora de sucos, é obtida por meio da trituração das cascas da fruta é posterior liofilização é rica em fibras e vitaminas. Sua adição ao iogurte promove a consistência e seu valor nutricional e junto com o colágeno agrega funcionalidade ao mesmo.

Farinha de casca de uva

As alunas, Cauane Cardoso, Luciane Hitomi Tanaka, Marcelle Bertoldi Dresdi e Marina Crepaldi Selma, de Eng. de Alimentos do Instituto Mauá de Tecnologia desenvolveram para a Eureka um processo para a obtenção de farinha de casca de uva a partir de resíduos gerados nas indústrias processadoras de suco de uva, agregando valor a um subproduto dessa cadeia produtiva.

A farinha foi aplicada na formulação de um biscoito sem glúten devido ao crescimento da demanda por alimentos dessa categoria, proporcionando características funcionais, como fibras e substâncias antioxidantes, a um produto já consolidado no mercado.
A ideia surgiu devido a um curso que a Marcelle e a Marina realizaram há 2 anos atrás, onde este comentou sobre a importância do uso de resíduos industriais, nesse caso específico os resíduos da indústria de vinho/suco de uva.

 

Leia Também
10 dicas para manter sua cozinha organizada e limpa
Conheça o trabalho das alunas de Engenharia de Alimentos do Instituto ...
Lojas Americanas terá super ofertas neste domingo
Comente!


Mais Lidas