Revistas:




Livro reúne sexo e gastronomia

Publicado por Rebecca Nogueira Cesar em 21/11/2013 às 17h00

Com um forte toque de erotismo, Sex and The Kitchen coloca a cozinha como elemento fundamental no encontro entre dois apaixonados

 

Sex And The Kitchen

Livro Sex And The Kitchen

Fotos: divulgação

Livro Sex And The Kitchen apresenta como a cozinha está presente em uma história de amor e paixão. Gastronomia e erotismo estão unidos em uma narração que desperta a imaginação das leitoras. A obra foi lançada pelo Editora Melhoramentos, e é do autor Alessander Guerra. As receitas apresentadas no livro e as músicas estão disponíveis para serem baixadas pelos leitores.

Confira a entrevista que o Oficina da Moda fez com Guerra:

De onde surgiu a ideia de juntar sexo e gastronomia?
Vou te responder com um trecho do livro, capítulo "Um cueca na cozinha é sexy?" A maioria das mulheres, ao menos as que frequentam o Cuecas na Cozinha (www.cuecasnacozinha.com.br), diz que homem cozinhando é sexy!
Não sei se é fato ou se elas estão apenas querendo alguém pra preparar uma refeição especial. De qualquer modo, acho uma boa acreditarmos que sim!
Mesmo porque, se pararmos para prestar atenção, grande parte dos alimentos carregam em si uma dose de sensualidade; seja pelo seu formato, que nos remete a detalhes do corpo; sua suculência, que molha a boca e escorre pelos lábios; seu poder de aquecer e fazer transpirar; as cores vivas que atiçam os olhos ou os aromas que inebriam.
O próprio ato de cozinhar exige uma cadência de movimentos que,embora automáticos, são um verdadeiro ritual carregado de erotismo. Acha que não? Vamos lá! Bote a imaginação pra funcionar! Põe umamusiquinha e pense em câmera lenta!O avental, que esconde parte do corpo sem deixar de revelá-lo. As mãos,que deslizam embaixo da água corrente enquanto lavam os alimentos. Apegada firme dos dedos na faca que, cuidadosamente, parte revelando interiores. O momento de juntar ingredientes numa panela quente, misturandocores que provocam e aromas que atraem. Sacou? Pode tirar a musiquinha agora e também a câmera lenta.
Vamos seguir em frente! Se você é daquelas pessoas que ainda não repararam em todos essesdetalhes, não sabe o que está perdendo! A cozinha é sedutora desde que o mundo é mundo. Adão e Eva pecarampor causa de uma maçã; não sei se é a mesma que colocou a Branca de Neve pra dormir, mas, enfim, rolou serpente numa história, beijo quelevantou defunta na outra... não preciso dizer mais nada, né?  

Qual dica você daria para as mulheres que não sabem cozinhar muito, mas querem atrair o parceiro pela boca?
No livro Sex and the Kitchen uma das principais cenas de sedução feminina acontece com um jantar árabe totalmente encomendado. A P, protagonista feminina do livro, não precisou nem cozinhar. 

Qual sua passagem favorita do livro?
Não tenho uma parte favorita, mas gosto muito dos trechos, espalhados por todo o livro, em que falo sobre as dificuldades nos relacionamentos entre homens e mulheres nos dias de hoje. 

E como está sendo a resposta do público? É o que você esperava?
Está sendo muito superior ao que esperava, as pessoas estão mergulhando na história dos personagens e mais do que isso se identificando com elas 

Acredita que livros como "Cinquenta Tons de Cinza" abriram espaço para um mercado maior de livros com um toque erótico e sensual?
Sem dúvida o sucesso de Cinquenta Tons de Cinza contribuiu bastante 

E como foi a escolha das músicas para a trilha sonora?
As músicas têm muito a ver com as cenas, parece até que foram compostas para os personagens. Mas afinal, músicas nos tocam porque são histórias de vidas que podem ser, a minha, a sua, a de qualquer um de nós e, inclusive, a dos personagens G (protagonista masculino) e P (protagonista feminina) de Sex and the Kitchen. 

Qual recado você daria para as mulheres de hoje?
Esse recado é para homens e mulheres, não tenham medo de se relacionar! Pode dar errado? Pode. Vou finalizar com um dos trechos do livro. "Estranha essa natureza humana!Temendo sofrer ao se entregar a um relacionamento, condena-se a um sofrimento prévio, solitário, autoinfligido. É como se, por temer a fome, deixasse de comer. Só sofre quem vive!"

“No trajeto entre o recipiente servido e a boca carnuda, a geleia resolveu desviar o caminho, preferindo repousar em colo mais generoso. Deitou de forma desleixada entre os seios macios dela e, como se isso já não fosse o bastante, resolveu deslizar por eles. Ainda que G quisesse, era impossível não ficar hipnotizado por cena tão excitante.” (Trecho do capítulo “A dança do acasalamento”) 

Sex and the Kicthen (Sexo e a Cozinha)
Alessander Guerra
Editora Melhoramentos
Impresso: R$ 39,00
E-book: R$ 9,90 (preço promocional até 30/11)
www.editoramelhoramentos.com.br

Leia Também
5 situações que prejudicam o orgasmo do homem
Dia do Orgasmo: Produtos para fazer você chegar lá
Como dizer que não está afim de sexo?
Comente!


Mais Lidas