Revistas:




Dicas para fazer sexo oral

Publicado por Evelyn Cristine em 09/06/2014 às 11h30

Assim como tudo na vida, o sexo também precisa ser aprendido. Confira algumas dicas para fazer sexo oral e conquiste de vez o gato!

Texto Revista 7 Dias - Edição 573 | Adaptação Evelyn Cristine | Foto Reprodução

 

Dicas para fazer sexo oral

 

Um sexo bem feito é tudo de bom, não é mesmo? E, vamos combinar que ninguém nasce sabendo. Por isso, separamos algumas dicas preciosas para fazer um belo sexo oral em seu parceiro. Confira!

Capriche!
Nesse quesito, a opinião masculina é unânime: a mulher tem que mandar muito bem. Use as mãos, a língua e não fique apenas fazendo movimentos repetitivos. Além disso, percorra todo o pênis.

Dica Preciosa
Para ajudar nessa viagem pelo membro de ponta a ponta, lembre de deixá-lo bem lubrificado com sua saliva. Ah, e não se esqueça que o contato visual é muito importante nesse momento, já que estimula ainda mais os homens. Ou seja, olhos nos olhos, sempre!

Demonstre prazer
Os bonitões também gostam de saber se estão agradando e curtem muito quando você fala, pede e até dê uns gritinhos durante a pegação. Se você não sabe como fazer, comece pegando a mão dele e mostre onde gosta de ser tocada. O parceiro precisa conhecer seu corpo e seus desejos e, para isso, ele precisa da sua ajuda.

Fale o que ele quer ouvir
Eles adoram ouvir elogios, portanto, não economize nos agrados. Assim, o cara ficará ainda mais empenhado em lhe proporcionar prazer e, você, só tende a ganhar! #FicaDica

Sem frescuras!
Não tenha preconceitos. Assim como tudo na vida, o sexo também precisa ser aprendido. Se você não vai atrás de informação, não vai saber como inovar na cama. E se você não vai atrás de informação, não vai saber como inovar na cama. E se fica cheia de “não me toque” ou com nojinho, com certeza não conseguirá aproveitara o máximo as delícias de uma transa bem feita. Portanto, permita se melecar e se lambuzar entre quatro paredes. Até um chantilly tá valendo! Tudo isso é consequência de uma relação sexual bem gostosa. Além disso, não topar certas práticas – como o sexo anal, por exemplo – por ter medo ou qualquer outro motivo, é a maior roubada. É claro que, se você já testou e não curtiu, não é obrigada a fazer. Mas, permita-se conhecer novas práticas.

Tudo que vai, volta!
Não adianta exigir certas carícias do gato se você não estiver disposta a retribuí-las. A disposição para deixar a transa gostosa deve partir dos dois lados.

E, fica mais uma dica: Acessórios são super bem vindos!

TESTE: Como você é na hora do sexo?

Leia Também
5 situações que prejudicam o orgasmo do homem
Dia do Orgasmo: Produtos para fazer você chegar lá
Como dizer que não está afim de sexo?
Comente!


Mais Lidas