Revistas:




10 maneiras de chamar a atenção do gato

Publicado por Evelyn Cristine em 24/04/2015 às 15h00

Passar em branco pela vida de alguém pode ser muito decepcionante. Entrar e sair de lugares, grupos, festas, empresas e depois de cinco minutos ninguém lembrar mais de você, mais chato ainda, não é mesmo? Veja agora 10 maneiras de chamar a atenção do gato e arrase!

Texto Evelyn Cristine | Foto Reprodução

10 maneiras de chamar a atenção do gato

Se ninguém percebe o quanto você pode ser amiga, conselheira, amante, companheira para bons papos, troca de informações e até de conhecimentos, saiba que você pode estar se comportando de algum jeito errado. Aprenda 10 maneiras de chamar a atenção do gato com as dicas da Cristiane Pertusi, psicóloga e Doutora em Psicologia do Desenvolvimento Humano pela USP, e arrase, garota!

10 maneiras de chamar a atenção do gato

Maquiagem ou roupas extravagantes que não tem nada a ver com sua personalidade.
Não que você não tenha o direito de ter um estilo diferente. Até tem. Mas se fizer algo extravagante sem que isso a deixe confortável o tiro sairá pela culatra.

Usar agressividade na voz ou nos atos.
Estar certa, ter seus direitos não significa que coloca-los de forma deselegante trará mais resultados. Você poderá ter a conclusão de todo mundo de que está certa, mas não terá a simpatia das pessoas. Pense bem, uma coisa não exclui a outra, se por exemplo, você foi negligenciada na fila do banco, não a notaram e atenderam outra pessoa em sua frente. Você tem todo direito de exigir a atenção que merece. E você a terá, mas pode ter uma atenção positiva ou negativa. Depende da forma como coloca e exige seus direitos.

Cobrar retorno tipo “mesma moeda” das pessoas a quem você ofereceu algo bom.
Seria muito bom que se depois de uns dia você também recebesse um bombom da pessoa a quem você deu um bombom, mas nem sempre isso acontece. Você tem dois caminhos, ficar se lamentando ou partir para outra.

Use tom de voz adequado para cada ocasião.
Se estiver numa festa fale de forma mais leve, em volume que seja audível. Muitas conversas são encerradas simplesmente porque as pessoas  não escutam as outras. Se estiver no corredor da empresa, use um tom mais intimo.

Expresse sentimentos.
Se encontrar um conhecido na rua expresse alegria ao vê-lo. Perceba que se fizer cara de indiferença estará fechando um contrato para este tipo de relacionamento com esta pessoa. Se tiver chateada com alguém, diga de forma elegante e afirmativa de modo a demonstrar que você quer um relacionamento bacana com ela e não quer que pequenos entraves atrapalhem.

Tenha iniciativa.
Lembre-se que a maioria das pessoas são introvertidas. Mesmo aqueles que parecem ser totalmente espontâneos fazem uma certa força para não se intimidarem diante das pessoas. Nenhum relacionamento acontece sem o esforço de uma ou ambas as partes, seja você a pessoa que sentirá orgulho de si mesma por ser proativo.

Olhe de frente.
Evitar o olhar demonstra que você evita a outra pessoa. Muitos fazem isso sem perceber, por pura timidez e não percebem que passam a imagem errônea que distancia.

Elogie.
Seja sincera, só diga o que realmente pensa, mas não deixe de expressar admiração por quem merece. Seja criativa em perceber mudanças que toda pessoa gostaria que notassem. Isso a ajudará a conhecer a si mesmo e perceber no outro o que seria agradável que percebessem em você.

Tenha assuntos “na manga”.
Prepare algo para ser dito as pessoas quando as encontrar. Muitas vezes travamos e ficamos cm cara de “ah é” e só depois que viramos as costas é que lembramos de toda conversa que poderia ser compartilhada.

Use termos positivos para se referir a você mesmo.
Pare com essa coisa de menosprezar a si mesmo para conseguir simpatia das pessoas. Cada vez que você tenta convencer alguém de que é incompetente, inadequada, feia ou burra, você consegue.

Seja presente.
Quem não é visto não é lembrado. Se nunca aceita um convite para ir ao barzinho depois do trabalho, se nunca pode acompanhar alguém até o carro dela, se não aparece com um cafezinho surpresa para alguém que você sabe que adoraria, se não entra no amigo secreto, você será esquecida.

Não pense demais.
Questione todas as bobagens que lhe passam pela cabeça, não deixe que estes pensamentos fiquem tempo demais ruminando e criando “famílias” dentro de sua cabeça. Por exemplo, se você passar por alguém que não respondeu seu cumprimento, considere que ele pode estar com um grande problema naquele dia, pode não ter te visto, mas se a pior das hipóteses for verdadeira, ou seja, esta pessoa não está a fim de falar com você – pare de ruminar e bola pra frente.

Verifique se algum grau de fobia social está te isolando do mundo.
Se você sentir muita dificuldade em aplicar os passos acima é possível que esteja com algum grau de fobia social. Para o completo conhecimento de sua dinâmica você precisará de um psicólogo para fazer sua avaliação. Se for confirmado que você desenvolveu algum grau de fobia social você terá toda ajuda necessária para superar e aprender novamente como interagir com pessoas e nunca mais se sentir isolado e esquecido pelo mundo.

TESTE: Você sabe conquistar um homem?

Leia Também
Descubra como conquistar seu próximo parceiro com a a...
4 Dicas para papais de primeira viagem
Sugestões de presentes para o Dia dos Pais
Comente!


Mais Lidas