Revistas:




Pornô:Veja como melhorar sua relação sexual assistindo filmes eróticos

Publicado por Bárbara Conti de Oliveira em 22/09/2013 às 20h00

Você não curte quando o parceiro propõe que vocês assistam a um filme erótico juntos? Então prepare-se para mudar seus conceitos sobre essas produções cinematográficas mais safadinhas e descubra como elas podem fazer maravilhas pela sua vida sexual

 

Revista 7 dias, edição 537 / Foto: Reprodução / Adaptação: Bárbara Conti

Divirta-se você também!

A pornografia ainda é tratada como tabu por muitas mulheres. Isso porque esse tipo de assunto está mais presente no universo masculino, afinal, a maioria do conteúdo adulto produzido é voltada para satisfazer unicamente os desejos e as fantasias dos homens. Porém, o mercado pornográfico resolveu investir no que eles denominam de soft porn, ou seja, um "pornô leve." “A mudança ocorreu porque o interesse das mulheres pelo conteúdo erótico aumentou muito de alguns anos para cá”, explica Aline Cardoso (SP), sexóloga e terapeuta de casais.

Prova disso é o enorme sucesso que o best-seller Cinquenta Tons de Cinza (Editora Intrínseca) fez. A história de amor erótica entre um jovem milionário e uma estudante universitária vendeu milhões de exemplares pelo mundo e já teve os direitos comprados por uma produtora, para virar filme.

Se você faz o tipo mais ousada, que tal filmar o seu próprio pornô? Crie uma história sensual, monte todo o clima e surpreenda seu parceiro com esse pedido superinusitado!

O que tem de diferente?

Não é surpresa para ninguém que homens e mulheres possuem meios diferentes de ficarem com tesão. “A excitação masculina é muito mais visual. Por isso, existem as revistas com ensaios sensuais, os filmes pornôs... Já as mulheres dependem do clima, da química entre ela e o parceiro e, principalmente, das preliminares”, explica a ginecologista Suellen Amorosi (SP).

Mas, mesmo assim, as produções feitas pensadas no sexo feminino podem ajudar a apimentar ainda mais a relação entre quatro paredes. “Os pornôs comuns não atraem o público feminino porque têm como objetivo despertar o desejo nos homens, colocando a parceira em uma posição submissa”, afirma Aline. Já as tramas eróticas voltadas para a mulher possuem cenas bem picantes, supereróticas, porém, não tão explícitas. “Na história, a figura feminina deixa de ser tratada como um objeto. O foco do filme é mostrá-la realizando suas fantasias, com um leve toque de romantismo”, conta Aline.

Locadora

Para quem não sabe por onde começar, conheça alguns títulos dirigidos por mulheres que agradam muito o sexo feminino:
- O Prazer É Todo Meu, de Louise
- LushFive Hot Stories For Her, de Erika Lust
- O Pecado Mora ao Lado, de Petra Joy
- Life, Love, Lust, de Erika Lust
- A Bela Tarde, de Jennifer Lyon Bell

Sala de aula

Além de deixar a noite muito mais sensual e picante, os filmes pornôs também podem ajudá-la a inovar na cama. “Quando o relacionamento cai na rotina, é bastante comum a transa se tornar mecânica. Nestes casos, as produções eróticas podem ensinar novos truques, posições e até instigá-la a ter novas fantasias.

Ou seja, além de tirar o sexo da mesmice, você poderá se conhecer – e o parceiro –, ainda mais”, ressalta a sexóloga. Agora se você tem vergonha de propor uma sessão de cinema “especial” para o gato, comece assistindo sozinha. Assim, dá para saber melhor quais são suas preferências e fugir de cenas que não a deixarão excitada. Além disso, você também pode aproveitar para propor algo novo, que viu no filme e que acha que pode funcionar no rala-e-rola.

Porém, vale lembrar que, da mesma maneira que quando ele propuser algo você pode negar, o mesmo pode acontecer quando a ideia de inovar na cama partir de você. Esteja preparada para uma resposta negativa e não deixe que isso acabe com o
clima e estrague a noite.

Para ler

Depois do sucesso do livro Cinquenta Tons de Cinza, o mercado editorial resolveu investir neste tipo de literatura erótica. Algumas obras clássicas ganharam uma reedição e diversos novos títulos ocupam espaço nas prateleiras das livrarias. Normalmente escritas por mulheres, as histórias geralmente trazem personagens misteriosos e sedutores e muitos trechos que descrevem, detalhadamente, a relação sexual entre o casal. Confira uma seleção que pode ajudá-la a inspirar-se na hora H:
- A Vida Sexual de Catherine M., de Catherine Millet (Editora Ediouro)
- Luxúria, de Eve Berlin (Editora Leya Brasil)
- A Casa dos Budas Ditosos, de João Ubaldo Ribeiro (Editora Objetiva)
- O Doce Veneno do Escorpião, de Bruna Surfistinha (Editora Panda Books)
- Toda Sua, de Sylvia Day (Editora Paralela)

Teste: como você é na hora do sexo?

Leia Também
Transar durante a menstruação: Tem problema?
Descubra o que faz um homem broxar
Saiba como identificar as doenças ginecológicas mai...
Comente!


Mais Lidas