Revistas:




13 motivos para procurar um dentista

Publicado por Evelyn Cristine em 15/10/2014 às 21h00

Você é daquelas que morre de medo de marcar consulta com o profissional de odontologia? Confira agora 13 motivos para você procurar um dentista!

Texto Evelyn Cristine | Foto Reprodução

13 motivos para procurar um dentista

Quando devemos consultar um dentista? O ideal é ao menos uma vez ao ano. Afinal de contas, a prevenção é de suma importância para manter a saúde bucal. Porém, com a vida agitada, muitos deixam a saúde em segundo plano e procuram o consultório dentário apenas quando surgem dores, tornando a visita desagradável e traumática na maioria das vezes.

A Dra. Renata Rebuffo, Cirurgiã-Dentista com consultório próprio em São Paulo, no bairro de Perdizes, nos dá 13 motivos que mostram como é importante cuidar da saúde bucal. Confira!

1. Prevenção: é a palavra chave. O dentista consegue diagnosticar problemas em estágios iniciais e evita seu aparecimento, orientando a correta higiene bucal e efetuando a limpeza de placa bacteriana e cálculos dentais, os tártaros.

2. Sangramento gengival: Isso ocorre devido ao acúmulo de placa bacteriana nas superfícies dentais e entre os dentes, inflamando os tecidos gengivais. A visita periódica permite a remoção das bactérias e instruções para a escovação e o uso do fio dental.

3. Halitose: é o mau hálito e pode significar a presença de vários problemas de saúde. Ele pode estar relacionado com higiene ineficiente e problemas periodontais. Apenas o dentista consegue detectar a causa e estabelecer um tratamento adequado.

4. Dores articulares e estalidos ao abrir a boca: podem indicar algum distúrbio temporomandibular (problema na articulação responsável por abrir e fechar a boca). Um diagnóstico preciso evita muita dor de cabeça, literalmente.

5. Dores de dente: pode ser desde sensibilidade dentária até uma inflamação dos canais radiculares. Só a visita ao dentista pode identificar as causas.

6. Mobilidade: também pode ocorrer por vários motivos, como a presença de uma doença periodontal avançada ou o contato prematuro de um ou mais dentes. Ranger os dentes também pode ser uma causa deste problema.

7. Fratura dental: quebrar os dentes é algo muito comum e, em muitos casos, acontece de forma acidental. Só um profissional pode reabilitar a fratura da melhor forma possível.

8. Lesões bucais: podem ser desde uma simples afta até um câncer bucal. Fazer consultas de prevenção com um profissional diminui a incidência de riscos, já que o diagnóstico de qualquer lesão é fundamental para o sucesso do tratamento.

9. Sisos: os terceiros molares, conhecidos como dentes do juízo, podem causar incômodo às pessoas. Na maioria dos casos, recomenda-se a remoção desses dentes.

10. Dentes escurecidos: há várias causas para o escurecimento, como o consumo de cigarro. O clareamento é uma ótima opção para deixar os dentes brancos. Mas somente o dentista pode orientar e estabelecer o tipo de tratamento clareador para cada paciente.

11. Inchaços: também pedem atenção, pois demonstram que algo está errado com a boca. Os abcessos são uma manifestação inflamatória que causam inchaço, e possuem substância purulenta (pus) em seu interior, que causam dor intensa e podem, ou não, estar relacionados a algum problema dentário.

12. Retrações gengivais: ocorrem por diversas razões, mas principalmente pela força excessiva na escovação. A gengiva retrai diante da agressão, o que expõe o colo dental e a sensibilidade dentária. Além dos dentes mais sensíveis, é preciso corrigir a parte estética.

13. Problemas ortodônticos: são problemas de oclusão (mordida, de forma mais simplória). Eles podem ter origem óssea, dentária ou ambos e podem ser resolvidos com a instalação de aparelhos, algo que só o ortodontista pode indicar e recomendar.

TESTE: Você está apta a auxiliar seu filho na higiene bucal?

Leia Também
Benefícios da água de coco para saúde
3 Dicas para controlar a ansiedade
12 dicas para prevenir o mau hálito
Comente!


Mais Lidas