Revistas:




Dicas para quem vai fazer a primeira tatuagem

Publicado por Débora Moscardini Vaz em 12/09/2013 às 15h00

O Oficina da Moda entrevistou com exclusividade Bruna Yonashiro, considerada uma das melhores tatuadoras de São Paulo. Bruna deu dicas para quem deseja fazer a primeira tatuagem e ainda tem dúvidas do que fazer, com quem fazer, e como fazer. Confira!


 
Texto e foto Débora Moscardini

   

 Oficina da Moda: Quem vai fazer a primeira tatuagem, quais cuidados deve ter?


 Bruna: Além de procurar um tatuador que faça o estilo de tatuagem que ela goste, é preciso também prestar atenção com a assepsia do lugar, se o profissional usa material descartável, etc.


Oficina da Moda: E que conselho você dá para aqueles que vão ao estúdio mas
tem medo de se arrepender?

Bruna: Pense melhor antes de fazer porque fica pra sempre e não tem volta!


Oficina da Moda: A primeira coisa que normalmente perguntam é se dói muito. Você é sincera ao dizer que sim, ou fala que não para tranquilizar a
pessoa?

 

Bruna: Eu falo que dói, sou sincera. Porque se eu falar que não
vou estar mentindo, né? [risos]


Oficina da Moda: E aqueles que procuram você para tatuar nome de namorado(a) marido, esposa, você dá algum aconselho ou faz mesmo assim?

 

Bruna: Na verdade esse tipo de tatuagem é muito pessoal, então eu
faço, porque querendo ou não, é o meu trabalho.


Oficina da Moda: Muitos tatuadores cobram mais caro por ser a primeira tatuagem. Como ficar atento a esse tipo de coisa e como evitar preços abusivos?

Bruna: O ideal é ir em um tatuador que  alguém indicou e que seja de confiança. 


Oficina da Moda: Quando o cliente chega com um desenho que você sabe que não
vai ficar bom,o que você faz?


Bruna: Eu não faço e explico para o cliente exatamente o porque
não ficaria bom. Mesmo se a pessoa insistir, não faço e indico para outro tatuador.

 

Oficina da Moda: Infelizmente ainda existe muitos estúdios irregulares que
colocam a saúde do cliente em risco. Quais observações o cliente deve fazer? No que ele precisa reparar? Porque as pessoas são atraídas pelo preço que normalmente é mais acessível.


Bruna: Ver se é tudo descartável, agulha, materiais, a higiene do local. Você realmente precisa pesquisar o lugar antes.


Oficina da Moda: E você faz qualquer desenho que te trazem ou só as artes que
são feitas por você?

 

Bruna: A maioria é minha arte. Eu só não mudo o desenho quando é algum logo de banda, ou de qualquer outra coisa que eu não posso interferir.


Oficina da Moda: Ainda existe preconceito contra tatuados, principalmente no mercado de trabalho, fazendo muitas pessoas desistirem de se tatuarem, te incomoda?


Bruna: Eu acho que não faz sentido ter preconceito com tatto porque não muda o que você é. Mas, hoje em dia o preconceito diminuiu bastante e a tendência é diminuir ainda mais. Graças a Deus. [risos]


Oficina da Moda: Após a tatuagem ser feita, quais cuidados a pessoa deve ter?


Bruna: Usar o curativo pelo menos durante os dois primeiros dias, que pode ser
plástico filme comum, sem passar nada. Lavar bem o local com sabão, não
arrancar as casquinhas que aparecem na cicatrização e não tomar sol na região.


Oficina da Moda: E as pomadas? Muitos tatuadores indicam para acelerar
a cicatrização...


Bruna: Se a pessoa está sentindo muita irritação na pele, é legal passar, mas, é melhor aplicar só um hidratante sem álcool, que na minha opinião, funciona melhor.

 

Leia Também
Vanessa Rozan, maquiadora do Esquadrão da Moda, conta...
Blogueira, Bianca Andrade conta segredinhos de seu namoro
Camila Coelho revela como mantém o corpo sequinho
Comente!


Mais Lidas