Revistas:




Entenda a diferença entre inchaço e aumento de peso

Publicado por Kelly Miyazato em 18/02/2014 às 19h00

Você acha que engordou ou simplesmente está inchada? Entenda a diferença entre inchaço e aumento de peso para que possa identificar qual é a medida ideal para o seu caso

Por Kelly Miyazato / Foto SXC

Entenda a diferença entre inchaço e aumento de peso

A sensação de pernas, barriga e mãos inchadas é algo que a maioria das pessoas já vivenciou. O culpado por este incômodo é da retenção de líquido e dos maus hábitos do dia a dia. Entenda a diferença entre inchaço e aumento de peso

Em alguns casos, esse inchaço pode ser confundido com o aumento do peso. Por isso, não se assuste se você notar que ganhou dois quilos durante o dia.

Segundo Fernando Bacalhau – cirurgião vascular com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) e membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (SBLMC) –, o edema pode ter várias causas. “O inchaço pode estar associado à oscilação hormonal, alimentação desequilibrada e também pode indicar problemas renais, cardíacos ou uma disfunção da tireoide”, afirma.

As mulheres que notam um aumento do peso da noite para o dia, não precisam se preocupar. A retenção de líquido, principalmente, durante a menstruação é a culpada por essa sensação de quilinhos a mais.  “Durante o período menstrual, ocorre uma alteração nos níveis de estrogênio e progesterona. Portanto, quando estão em alta, tendem a reter e dificultar a eliminação de líquidos”, explica o especialista.

O edema só deve ser motivo de preocupação quando for provocado por outros fatores. “O inchaço pode ser controlado com a mudança de hábitos – quando a retenção de líquido reflete apenas no desconforto corporal relacionado ao excesso de peso. Embora, se o problema estiver associado à doença do rim, fígado ou da tireoide, necessitará de ajuda de um especialista”, esclarece o cirurgião vascular. Veja abaixo as dicas de Fernando Bacalhau para combater o inchaço.

Dicas para evitar o inchaço

Mudando alguns hábitos é possível mandar o inchaço embora e garantir um corpo saudável.

1- Fuja do sal: experimente substituir o sal por limão ou ervas para acompanhar a salada, por exemplo. Evite consumir condimentos como mostarda, ketchup e molhos prontos.

2- Mexa-se: se você passa muito tempo sentada, levante-se a cada duas horas e dê uma volta. E quando puder, faça caminhadas.

3- Faça exercícios físicos: os exercícios estimulam a circulação e o fluxo de líquidos e nutrientes pelo corpo, evitando a formação de edemas.

4- Drenagem linfática: a massagem realizada de forma adequada ajuda o sistema linfático a eliminar líquidos e toxinas acumuladas.

 

* Agradecimentos ao Fernando Bacalhau (CRM-SP: 116.809) – cirurgião vascular com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) e membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (SBLMC) – (www.dermavasc.com.br).

 

Leia Também
Riscos que se corre ao colocar um piercing no mamilo
Veja quais são as diferenças entre os tipos de depilação
Gordura localizada: como acabar com os pneuzinhos
Comente!


Mais Lidas